Skip to main content
O vocabulário ideal para o sucesso na comunicação

O vocabulário ideal para sua apresentação

O vocabulário ideal é um dos tópicos mais importantes de uma apresentação. Por isso, é necessário sabermos, com antecipação, a composição do público, para que ele possa entender tudo o que queremos transmitir.

Antes de iniciar sua apresentação, analise a composição da plateia: a formação cultural, social, moral, racial, intelectual e a idade dela, etc.

O vocabulário vai depender de uma série de fatores, especialmente do conteúdo que você vai apresentar e, sobretudo, da composição de sua plateia; e só assim, conhecendo-a, você poderá adotar e direcionar o vocabulário adequado ao público interessado.

Temos diversos tipos de vocabulários, como o pobre, muito usual nas rodadas de amigos, nos happy hours e sobretudo em casa com os nossos familiares. Esse tipo de conversação é, geralmente, repleto de gírias e, por conseguinte, inadequado para uma apresentação em público mais profissional na sua instituição de ensino ou na sua empresa. Por sua vez, cada profissão possui um vocabulário técnico, específico para cada grupo de profissões, e nesse caso, se você estiver palestrando para grupos que não são familiares àquele linguajar, explique o significado de siglas e expressões totalmente desconhecidas a eles. E, por último, evite um vocabulário muito sofisticado, que transmite um grande conhecimento do orador, todavia, torna sua comunicação efêmera, repleta de ruídos, pela falta de significado ao público, o que, em outras palavras, não transmite o conhecimento no sentido verdadeiro da comunicação. Somente use termos técnicos se realmente, o público conhecer o significado exato da palavra.

Dicas para seu vocabulário em uma apresentação

Seguem algumas dicas que poderão ajudá-lo a situar-se em cada tipo de plateia:

Para uma plateia formada por adolescentes, fale do futuro e da velocidade nos dias atuais.

Para um público adulto, fale do presente e da importância de cumprirmos as metas do dia a dia.

Para um público de idosos, fale do passado, pois eles adoram recordar o passado de glórias e de alegrias. Por favor, não fale de coisas tristes, porque eles são muito sensíveis e sua palestra poderá se tornar um “mar de lágrimas”.

Cada público possui um vocabulário que é seu, próprio de sua idade, origem, cultura e região.

O vocabulário adequado é aquele que se adapta aos ouvintes, portanto, utilize uma linguagem apropriada, impondo sua personalidade.

Para aumentar seu vocabulário, leia bons livros e boas revistas, participe de boas palestras (com palestrantes notáveis e competentes), assista a peças de teatro e esteja por dentro de bons programas de televisão, rádio, jornal etc.

Ao ler um livro ou uma ótima revista, anote as palavras novas, procure saber seu real significado e use-as nas próximas oportunidades que tiver de falar em público.

Tome o especial cuidado para não mencionar palavras com significado diferente daquele que você imagina que tenham. E, por favor, não seja prolixo e nem use palavras difíceis para impressionar os ouvintes; isso poderá torná-lo pedante e artificial, não combinando com seu jeito de ser. Uma boa técnica é falar em voz alta nos treinamentos e gravações escutando e lembrando-se do que disse; e depois colocar em prática na sua palestra.

Fale com um vocabulário natural, que todos gostariam de ouvir e entender.

Fale com o coração!

Quando você fala com o coração, usa a emoção e nunca erra.

Respeite as normas gramaticais, as estruturas das frases e as concordâncias verbais e nominais.

Se sua palestra for em lugares diferentes de sua região, verifique se o sentido daquela palavra é o mesmo para as pessoas daquele auditório e se ela não é ofensiva ou de baixo calão.

Portanto, o vocabulário ideal para sua apresentação é aquele que você gostaria de escutar, se estivesse no lugar dos ouvintes.

Desejamos a você Sucesso na Comunicação!

Um abraço,

Acácio Garcia

 

Acácio Garcia

Acácio Moraes Garcia, conferencista internacional na área motivacional, comportamental e gerencial, mestre em oratória, diretor do IMCEV, procurador federal, ministra cursos e palestras há 25 anos por todo país e EUA, é autor de 8 livros e DVDs entre eles: o recém lançado “A boa comunicação nos dias atuais”, Vença a Timidez de Falar em Público, Como Falar Em Público Com Naturalidade e Entusiasmo, Adequação Empresarial, Histórias e Frases de Efeito para Apresentações em Público, A Força Do Poder Do Elogio Para Atingir As Metas. Foi incluído como “Os 30+ em Motivação do Brasil” pela editora 3C.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *